Relação das Mulheres com dinheiro: elas estão menos endividadas

Imagem de mulher de negócios fazendo contas e planejamento

Navegue pelo conteúdo

Para quem acredita que dinheiro não é assunto de mulher, está muito enganado. É assunto sim, e cada vez mais elas se interessam pelo assunto. Há alguns anos as mulheres estudaram e trabalharam, e ganharam independência. Deste modo, elas deixaram de ser dependentes e passaram a ser independentes. Sendo assim, venha saber como é a relação das mulheres com dinheiro.

Não faz muito tempo que as mulheres apenas se dedicavam às tarefas domésticas e a trabalhos relacionados aos cuidados e trabalhos voluntários. A partir dos anos 70 a participação delas no mercado de trabalho foi crescendo. Mulheres sustentando o lar e investindo dinheiro, algo que sempre foi associado aos homens, passou a ser realidade.

Visto que isso mostra como elas estão também conseguindo o empoderamento financeiro. No entanto, ainda é preciso mudar muita coisa quando o assunto é educação financeira, pois apenas 30% das mulheres são consideradas alfabetizadas financeiramente. Muitas mulheres enfrentam dificuldade por conta da renda, pois poupar dinheiro acaba sendo uma dificuldade por conta da renda. 

De acordo com relatório da Organização Internacional do Trabalho, cerca de 30% das mulheres recebem 25% menos que os homens. Além destes desafios, existem também as crenças disseminadas sobre o dinheiro. Deste modo, isso afeta a maneira como encaramos o dinheiro e limita a capacidade de lidar com ele. 

Relação das mulheres com Dinheiro é cheio de Traumas e tabus

Mesmo diante de crenças, a relação das mulheres com dinheiro é carregada de machismo, traumas e tabus. Sendo assim, a educação financeira para as mulheres é de suma importância pois o conhecimento gera confiança e no que lhe concerne ação. Por isso, hoje já temos cerca de 1 milhão de mulheres na Bolsa

Além disso, o cenário atual mostra que muitas mulheres estão vencendo a barreira do endividamento. Visto que o estudo realizado pela fintech Meu Acerto, cerca de 62% dos homens estão endividados contra 38% delas. Nesse sentido, se você é uma mulher e quer vencer a barreira dessa relação com dinheiro, saiba o que fazer. 

Em primeiro lugar, devemos retirar de dentro de nós a crença que os homens entendem mais de dinheiro. Essa afirmação é completamente equivocada, e os números acima mostram isso, visto que quando a mulher tem conhecimento, ela ganha independência financeira. 

Contudo, vale ressaltar que essa independência é algo ainda bem longe da nossa realidade brasileira. Vivemos em um país cheio de desigualdades e muitas mulheres ainda vivem em situação de dependência e ficam muito mais vulneráveis, a ter um controle financeiro. 

Ou seja, sabendo disso, o primeiro passo é priorizar a educação e a carreira, o dinheiro é mais que números representam conquistas e sonhos que deseja realizar. Além disso, a mulher ganha a liberdade, autonomia, segurança e poder de escolha, por isso casais devem conversar também sobre dinheiro. A relação ficará muito mais tranquila. O conhecimento para elas é libertador, pois estudos mostram que elas como investidoras têm melhores retornos que os homens nas aplicações. É o que apontou a gestora de investimentos Fidelity.  

Continue acompanhando o Se Torne Investidor para mais dicas sobre economia!

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Populares

Assine nossa newsletter

Deixar o seu e-mail aqui te deixa um pouco mais perto da independência financeira. Bora enriquecer?

Simuladores Financeiros

Fique de olho
Você vai gostar

Utilizamos Cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com nossa Política de Privacidade.