Como Funciona o Cadastro Positivo

mulher usando o cadastro positivo

Navegue pelo conteúdo

Descubra como funciona o Cadastro Positivo e porque em alguns casos ele poderá te prejudicar.
Cadastro Positivo é uma lista de bons pagadores, através do registro da pontualidade no pagamento de suas contas (crediários, financiamentos e mensalidades de serviços como água, luz e telefone), com o propósito de criar um banco de dados que ficará à disposição de instituições privadas.
 
 
O cadastro dos bons pagadores poderá servir de base para transações comerciais, como vendas a prazo e concessões de crédito. 
 
 
Em tese, a medida ajudará a diminuir o custo da concessão de crédito e oferecer juros mais baixos para o consumidor.
 
 
Em abril de 2019, o governo sancionou o projeto de lei para incluir automaticamente todos os cidadãos na lista do cadastro positivo. A inclusão começou a valer em julho e, quem não quiser, precisa optar por sair. Antes, o consumidor precisava decidir aderir ao cadastro positivo.

Leia também: Como sair das dívidas e começar a investir?

O que é o Cadastro Positivo?

cadastro positivo
Cadastro Positivo é uma espécie de “currículo financeiro”. Com ele, o consumidor que deseja pegar um empréstimo ou pedir um cartão de crédito, por exemplo, pode ser melhor avaliado de acordo com todo o seu comportamento – incluindo as vezes em que pagou suas contas em dia.
 
 
A grande vantagem do cadastro positivo é que ele dá aos consumidores a opção de ser avaliado pelo conjunto de todos os comportamentos financeiros.
 
 
Antes, o comportamento dos consumidores só era registrado para o “lado ruim”, em listas de negativados de instituições como o Serasa– estar com o nome sujo significa ter o nome em listas públicas de mau pagadores, o que dificulta bastante conseguir crédito no mercado.
 
 
Com o Cadastro Positivo, as empresas que oferecem crédito podem ter informações para reconhecer bons pagadores. Para o cliente, isso significa a possibilidade de conseguir mais benefícios ou taxas menores na hora de pedir um empréstimo, renegociar uma dívida, ou abrir um financiamento, por exemplo.

Como funciona o Cadastro Positivo?

Cadastro Positivo funciona a partir de uma troca de informações entre as empresas e os Gestores de Banco de Dados.
 
 
A partir dessas informações, esses Gestores atribuem aos cidadãos uma pontuação – que é uma nota de crédito para quem tem as contas em dia – e um histórico de crédito. 
 
A pontuação é de livre acesso das empresas, mas para o histórico é necessário que o consumidor de autorização.
 
 
Quem coleta as informações para o cadastro positivo são empresas especializadas em análise de crédito, como Boa VistaSerasa e SPC.
 
 
Assim que o Cadastro Positivo for aberto, todas as contas pagas e transações que você realiza começam a ser registradas, criando um histórico de seu nome.
 
 
Os bancos e instituições são quem repassam esses dados para o cadastro positivo.
 
 
Em fevereiro de 2019, foi aprovada na Câmara dos Deputados a proposta que inclui automaticamente todos os cidadãos no Cadastro Positivo. Em abril, o projeto recebeu sanção presidencial e, em julho, a regra de inclusão automática começou a valer.

Quais dados são avaliados no Cadastro Positivo?

homem com cpf usando o cadastro positivo
Despesas diárias, como água, esgoto, luz, gás, telefone, assistência médica, odontológica, internet, escola, instituições financeiras e administradoras de créditos são as que entram para o histórico, além de financiamentos, empréstimos e compras a prazo.
 
 
Especificamente, são analisados os seguintes dados, segundo o SPC:
 
 
·         Valor total da compra;
·         Valor das parcelas;
·         Data dos vencimentos;
·         Data dos pagamentos;
·         Valor dos pagamentos;
·         Dados cadastrais do consumidor.
·         Cadastro Positivo para negativados
 
Até mesmo quem está com o nome negativado pode entrar para o cadastro positivo – as contas que você pagar em dia também ficarão no seu histórico e podem te beneficiar em uma análise mais completa.

Vantagens do Cadastro Positivo

Além de permitir que os bancos e instituições analisem seu perfil da melhor forma possível, entrar para o Cadastro Positivo em alguns casos, ajuda a aumentar seu Score (sua pontuação de crédito, entre 0 e 1 mil, que aponta quais são as chances de você pagar uma conta nos próximos 12 meses).
 
 
Com isso, aumentam as chances de conseguir um empréstimo, cartão de crédito e ter outros produtos financeiros aprovados.

Desvantagens de ter o Cadastro Positivo

Em algumas situações o Cadastro Positivo poderá reduzir o Score de Crédito.
 
 
Pode ser que o Cadastro Positivo tenha cruzamento de informações com parentes de 1 grau, por exemplo se você paga contas dos seus pais ou dos filhos, podem ser que esta informações se cruzem, o sistema do cadastro positivo pode puxar essas informações e ai que mora o perigo, pois sua avaliação pode ser afetada.
 
 
Infelizmente o Cadastro Positivo não é seguro, e você pode ter um vazamento de informações pessoais também. 
 
 
O período de análise, geralmente quando uma pessoa tem uma negativação, ela fica dentro do histórico do Serasa durante 5 anos, se você negativou seu nome está pendência ficará no Serasa e no seu score, e depois de 5 anos ela sai.
 
 
Só que a análise do Cadastro Positivo são 15 anos, diferente da análise do Serasa . 
 
 
Por mais que você tenha saído do histórico do Serasa você permanece com o histórico do Cadastro Positivo, que dificultará sua situação financeira e sua obtenção de crédito.

Posso sair do Cadastro Positivo?

Sim. Qualquer um pode excluir seu nome do Cadastro Positivo a qualquer momento.
 
 
A nova lei estabelece alguns pontos:
 
 

Quem for adicionado ao Cadastro Positivo precisa ser informado em até 30 dias;


Todo consumidor terá o direito de cancelar o Cadastro Positivo e precisa, no momento da inclusão, ser informado de como pode ser excluído do banco de dados. O gestor do cadastro terá dois dias para atender ao pedido.


Todas as pessoas que entraram para o cadastro positivo podem pedir para serem descadastradas da base de dados. Para isso, basta acessar o site de um dos birôs de crédito – SerasaBoa VistaSPC e Quod – e fazer a solicitação inserindo seus dados.


Se você quer saber mais, como funciona o Cadastro Positivo e porque em alguns casos ele pode ser prejudicial, assista este vídeo:

Espero ter ajudado,
Continue acompanhando o Se Torne Investidor para mais dicas sobre finanças!

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Populares

Assine nossa newsletter

Deixar o seu e-mail aqui te deixa um pouco mais perto da independência financeira. Bora enriquecer?

Simuladores Financeiros

Fique de olho
Você vai gostar

Utilizamos Cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com nossa Política de Privacidade.