Entenda a Importância da Educação Financeira nas Escolas

imagem de professor escrevendo na lousa verde de escola enquanto aluno usa o celular

Navegue pelo conteúdo

A Educação Financeira nas escolas é um tema que vem sendo discutido e defendido por muitos educadores. Contudo, nas últimas semanas este assunto ganhou as redes sociais, por conta da Deputada Estadual Luciano Genro (PSOL-RG). A parlamentar foi contra o projeto e o seu pronunciamento deu o que falar. Venha entender a importância deste conhecimento nas escolas. 

Antes de tudo, precisamos deixar claro que a parlamentar tem razão em alguns pontos defendidos em seu argumento. Um deles é que a Educação Financeira nas Escolas, não resolverá o problema da fome no País. E neste ponto ela tem razão. Assim como não será a solução para resolver a desigualdade e a pobreza estrutural do Brasil.

Desigualdade em nosso país ocorre por diversos fatores, que estão na nossa estrutura, com total ligação com nosso histórico colonial, patriarcal e escravocrata. Contudo, esclarecido isso, vamos ao ponto que realmente discutiremos. Sobre a importância da Educação Financeira nas escolas, visto que ela não resolve problemas estruturais. Mas, não podemos negar que ajuda a saber quando não podemos passar do limite.  Neste caso, o foco não é a desigualdade, mas, o conhecimento de como usar o dinheiro com sabedoria. 

Educação Financeira

Perceba que é como um carro, não adianta ter se não sabe dirigir, ao invés de ser uma solução torna-se uma dor de cabeça. O mesmo vale com dinheiro, que quando não utilizado de maneira correta, gera grandes problemas. Deste modo, a realidade do ensino público brasileiro é que ainda não tem esta temática. 

No ensino fundamental é obrigatório, mas, ainda existem esforços para que o mesmo seja realizado no ensino médio. No entanto, mesmo sendo obrigatória, no ensino fundamental ainda não chegou na grade de muitas escolas brasileiras. Inclusive os professores não passaram por treinamentos para abordar o assunto.

Com este assunto sendo debatido em sala de aula, vai prepará-los na vida adulta, contribui com futuro e beneficiar a família. Nesse sentido, esta aprendizagem é importantíssima para uma vida financeira saudável e um futuro mais equilibrado. Aliás, este é um dos pontos de defesa para ser colocado definitivamente na grande nacional escolar. 

Endividamento

Um dos reflexos que a falta de conhecimento financeira gera nas pessoas é observado no comportamento de muitos brasileiros. Grande parte está endividada e tem problemas para controlar os gastos diários, semanais e mensais. Segundo o Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), dos 15 países pesquisados.

O Brasil ficou com pior desempenho sobre Educação Financeira. A iniciativa de Educação Financeira, busca primeiramente fazer a formação de professores, por cursos gratuitos, para depois eles posam incluir nas aulas, para os alunos da rede pública.

Se você gostou basta continuar acompanhando o Se Torne Investidor para mais dicas sobre finanças!

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Populares

Assine nossa newsletter

Deixar o seu e-mail aqui te deixa um pouco mais perto da independência financeira. Bora enriquecer?

Simuladores Financeiros

Fique de olho
Você vai gostar

Utilizamos Cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com nossa Política de Privacidade.