Auxílio Brasil: Cuidado com Empréstimo consignado

Imagem de mão segurando duas notas de cinquenta reais

Navegue pelo conteúdo

Os beneficiários do Auxílio Brasil devem tomar cuidado com a oferta de empréstimo consignado. Saiba que este empréstimo aprovado pelo governo cobra juros de que poderá chegar até 98% ao ano. Tornando-se uma grande armadilha para quem contrata, pois, coloca em risco a saúde financeira.

Se você recebeu ou conhece alguém que é beneficiário do Auxílio Brasil deve informar sobre o empréstimo consignado para eles. No entanto, mesmo sendo aprovado pelo Congresso Federal, saiba que ele não é nada bondoso. Aliás, especialistas em finanças acreditam ser uma verdadeira maldade.

Auxílio Brasil

O Auxílio Brasil é o ex-Bolsa Família que hoje paga para os beneficiários R$ 400 mensalmente. Entretanto, a Câmara dos Deputados ainda votará sobre a PEC dos Benefícios, onde incluiu o aumento do Auxílio Brasil, que deverá pagar R$ 600. Diante disso, mesmo antes da aprovação muitas instituições e bancos já estão com anúncios e cartazes oferecendo Empréstimo Consignado.

A princípio, tudo já parece um absurdo, oferecer empréstimo para quem está passando dificuldade financeira. No entanto, isso aconteceu diante dos olhos de todos nós, visto que este empréstimo consignado foi aprovado, por uma medida provisória. Onde ela permite que instituições possam fazer este tipo de empréstimo para quem recebe Auxilio Brasil.

Juros do Empréstimo Consignado

No entanto, ele não atenderá apenas este grupo. Visto que isso inclui aposentados, pensionistas do INSS, servidores públicos, militares, Benefício de Prestação Continuada (BPC) e Renda Mensal Vitalícia (RMC). Conforme o UOL, as taxas de juros destes empréstimos chegam até 100% ao ano.

Neste caso, o beneficiário que decide contratar terá o dinheiro das parcelas descontadas diretamente, do próprio benefício.
Ou seja, para as instituições é um negócio de baixo risco, pois não corre o risco do cliente não efetuar o pagamento. Entenda que quando eles oferecem um empréstimo de R$ 2.034 para uma pessoa que recebe R$ 400.

O pagamento de R$ 160 em 24 vezes com juros de 5,85% ao mês ficará no total em R$ 3.840. A taxa de juros ao ano será de 98%. Portanto, somando apenas os juros ficará R$ 1.804, o que torna isso um absurdo. Uma vez que esses juros estão muito acima do que é ofertado pelos bancos brasileiros.

Geralmente, os bancos cobram em média para empréstimos consignados 1,74% ao mês. Ademais, a lei não prevê um limite de juros que deve ser cobrado pelos bancos, existe apenas uma orientação sobre os contratos. Por fim, as instituições deverão entregar um demonstrativo onde deverá especificar os valores, como taxas de juros aplicadas e o valor total do empréstimo

Divulgação

Várias instituições começaram a divulgar o empréstimo consignado para beneficiários do Auxilio Brasil. Todavia, mesmo antes da aprovação, gerou dúvidas sobre a legalidade da divulgação. Em primeiro lugar, as instituições podem realizar os cadastros com os dados dos beneficiários. Isso funciona como um pré-cadastro.

Duas empresas que são mais confiáveis nessa área de consignado e estão fazendo o cadastro para o Consignado Auxílio Brasil, são a Eccor Open e a Consigmais.

Continue acompanhando o Se Torne Investidor para mais dicas e notícias sobre economia!

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Populares

Assine nossa newsletter

Deixar o seu e-mail aqui te deixa um pouco mais perto da independência financeira. Bora enriquecer?

Simuladores Financeiros

Fique de olho
Você vai gostar

Utilizamos Cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com nossa Política de Privacidade.