3 formas de usar o cartão de crédito de maneira inteligente

imagem de cartão de crédito sendo inserido em maquininha de compra

Navegue pelo conteúdo

O cartão de crédito é um grande aliado no dia a dia, no entanto, depende da forma como você usa. Acaba se tornando um grande vilão que deve ser controlado e evitar sustos no final da fatura. Portanto, para te auxiliar nas finanças pessoais, aprenda como usar o cartão de crédito como aliado, e use de maneira inteligente.

Existem milhares de pessoas endividadas com cartão de crédito, isso é algo muito comum no Brasil. No primeiro trimestre de 2022, o cartão de crédito foi considerado o grande vilão no bolso dos brasileiros.

Segundo uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), 72% dos moradores do Rio de Janeiro e São Paulo, ficaram endividados com esta forma de pagamento.

Apesar disso, estes números são maiores em 2021, onde o cartão de crédito foi responsável pelo endividamento de 81%. Nesse sentido, alguns fatores econômicos explicam este efeito, um deles é o desemprego.

Sabendo disso, é fato que muitas pessoas perdem o controle em relação ao cartão de crédito. As compras parceladas acabam se tornando um problema ainda maior, e a fatura vai aumentando fatura após fatura.

Contudo, saiba que é possível utilizar esta ferramenta, de maneira organizada e usar de modo inteligente. Por isso, separamos dicas para te ajudar a fazer isso e se livrar do sufoco financeiro.

Pagar a fatura do cartão de crédito em dia

A princípio, uma das maneiras de usar o cartão com inteligência, é colocar um lembrete para não esquecer a data do pagamento do mesmo. Você pode fazer isso de diversas maneiras, colocando papel adesivo na escrivaninha, no notebook, na geladeira.

Ou simplesmente, colocar um alarme te avisando da data, o mesmo vale também para o dia de fechamento do cartão. Nunca deixe para pagar depois, entenda que os juros em caso de atraso, são gerados automaticamente.

Eles são os juros rotativos, os mais caros do mercado, deixando a fatura em aberto vai deixar a conta do próximo, mas ainda mais alta.

Pagamento total, evite o valor mínimo

Pagar o valor mínimo é tentador, principalmente quando se deparam com os dois valores. Muitos acabam recorrendo ao pagamento mínimo da fatura, que é o menor valor. No entanto, quando fazemos essa escolha estamos trazendo várias dores de cabeça, visto que por conta disso. Acabam entrando em uma bola de neve e ficando cada vez mais endividados.

Assim como explicamos dos juros rotativos, aqui também acontece o mesmo, o usuário entra no saldo rotativo. Ou seja, o valor restante soma-se à próxima fatura e, além disso, vem os juros que incidem. Deste modo, sempre dê prioridade para o pagamento total da fatura do seu cartão de crédito.

Cuidado com limite

A melhor forma de usar o cartão de crédito de maneira inteligente, é não usando todo limite. Saiba gastar apenas o necessário, o valor disponível todos os meses, não precisa ser utilizado por completo. Entenda que quando você compromete 30% da sua renda, tem grandes chances de ficar endividado.

Se você gostou das dicas, basta continuar acompanhando o Se Torne Investidor para mais dicas sobre finanças!

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Populares

Assine nossa newsletter

Deixar o seu e-mail aqui te deixa um pouco mais perto da independência financeira. Bora enriquecer?

Simuladores Financeiros

Fique de olho
Você vai gostar

Utilizamos Cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com nossa Política de Privacidade.